Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Boane apresenta condições para “excelente” campanha agrícola

O distrito de Boane, na província de Maputo, sul de Moçambique, apresenta todas as condições para ter uma boa produção, na presente campanha agrícola 2008/2009.

O distrito está a registar uma precipitação acima do normal, sendo que neste momento, as chuvas continuam a cair naquela parte do país. À semelhança de outras partes de Moçambique, o distrito de Boane pratica uma agricultura de sequeiro, dependente das chuvas, facto que, muitas vezes, reduz a possibilidade de sucesso da produção.

Segundo a directora distrital dos serviços de actividades económicas de Boane, Carla Cristina Albino, os camponeses estão a lançar a semente para aproveitar as chuvas que continuam a cair. Nesta campanha agrícola, o distrito de Boane projecta a produção de 200 mil toneladas de culturas diversas, uma quantidade que poderá ser superada devido ao aumento das áreas de cultivo.

Segundo Albino, já foram cultivados 30 mil hectares, mas devido as chuvas que continuam a cair o distrito vai aumentar as áreas de cultivo para 45 mil hectares ao longo da segunda época. “Nesta campanha vamos cultivar 30 mil hectares. Mas vamos acrescentar mais 50 por cento da área de produção prevista. Nesta campanha estamos a registar uma precipitação acima do normal e, porque as chuvas continuam a cair, estamos a incentivar os camponeses para irem lançando a semente” explicou.

Na campanha agrícola 2007/2008, o distrito de Boane produziu 150 mil toneladas de produtos diversos. telinforma 28.03.09 pag.7 A campanha passada foi afectada por bolsas de seca que resultaram na perda de 12 mil hectares, afectando 9.800 famílias.

“Este ano vamos superar todas as campanhas anteriores. Tivemos seca na campanha 2007/2008 o que nos obrigou a tomar algumas medidas de apoio aos afectados através da distribuição de material vegetativo e sementes resistentes à seca. Nesta campanha 2008/2009 ainda não há problemas, temos chuvas acima do normal e as nossas culturas estão com um aspecto vegetativo muito bom” sublinhou.

Por outro lado, o distrito de Boane está apostado na melhoria da qualidade da produção, bem como no aumento da produtividade por hectare. Para o efeito, 13.300 camponeses estão a beneficiar de formação em técnicas de lançamento da semente, cuidados a ter com as culturas, para que as mesmas tenham maior rendimento.

Tal formação decorre, neste momento, nos campos de demonstração, na machamba dos camponeses. “Estamos a trabalhar no aumento da produtividade. A nossa aposta é aumentar a quantidade de produção por hectare. Para tal, estamos a fazer um programa na escola ‘na machamba do camponês’, onde estão envolvidos 13.300 camponeses” referiu.

“Os camponeses estão a receber aulas nos campos de demonstração, onde aprendem melhores técnicas para lançar a semente, como cuidar das culturas de modo a terem maiores rendimentos”, acrescentou. O distrito de Boane está a produzir culturas como milho, feijões, batata-doce, mandioca e fruteiras como banana e citrinos.

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!