Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Benin decreta luto nacional pela morte de peregrinos no Hajj, há também dezenas de nigerinos entre as vítimas

Benin decreta luto nacional pela morte de peregrinos no Hajj

O Governo do Benin decretou um luto nacional de três dias a partir de sábado em memória dos cerca de 30 beninenses que morreram na debandada ocorrida quinta-feira(24) durante a peregrinação do Hajj em Mina, perto da Meca, na Arábia Saudita, e que fez pelo menos 769 mortos. Pelo menos 19 nigerinos também morreram no acidente.

Num comunicado divulgado pela televisão nacional, o Presidente beninense, Thomas Boni Yayi, decidiu a observação de três dias de luto nacional em memória da dezena de beninenses vítimas da fuga desordenada ocorrida durante a peregrinação anual da comunidade muçulmana.

Durante os três dias de luto nacional, as bandeiras serão colocadas à meia-haste em todo o território beninense. O Governo, que reitera a sua compaixão às pessoas feridas e as suas condolências às famílias enlutadas e a toda a comunidade muçulmana, convida todas as confissões religiosas a organizar orações pelo repouso das almas dos peregrinos defuntos no quadro do diálogo interreligioso em curso no Benin.

Desde o anúncio da catástrofe na Meca, várias fontes revelam que cerca de 30 beninenses teriam morrido e vários outros feridos, mas as autoridades evocam uma dezena de mortos e tranquilizam que serão fornecidas actualizações regularmente.

Há também registo da morte de pelo menos 19 muçulmanos do Níger e 50 outros estavam desaparecidos, anunciou o Comité de Organização do Hajj e da Oumra.

Até última informação da comissão moçambicana do Hajj nenhum muçulmano que partiu de Moçambique está entre as vítimas.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!