Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Bélgica amplia caça por extremistas com Bruxelas em alerta máximo de segurança

A Bélgica ampliou sua busca neste domingo por extremistas islâmicos armados cuja presença colocou Bruxelas em alerta máximo de segurança, com autoridades afirmando que mais de um militante estava em liberdade na cidade. O alerta fechou o sistema metropolitano da capital, embora um ministro sénior tenha afirmado ser provável a reabertura na segunda-feira.

A Bélgica tem estado no centro de investigações sobre os ataques em Paris em 13 de Novembro que acabaram com a morte de 130 pessoas após ligações emergirem com Bruxelas, particularmente com o bairro de Molenbeek. Dois dos homens-bomba de Paris, Brahim Abdeslam e Bilal Hadfi, viviam na Bélgica. O suspeito fugitivo Salah Abdeslam, irmão de 26 anos de Brahim, voltou para casa em Bruxelas rapidamente após os ataques em Paris.

Questionado se o nível de alerta máximo de segurança desde sábado está relacionado apenas a Salah Abdeslam, o ministro do Interior, Jan Jambon, disse à emissora BRT que “infelizmente não”.

“É uma ameaça que vai além daquela única pessoa”, disse. “Estamos avaliando mais coisas, por isso colocamos em vigor uma concentração de recursos tão grande”.

Bernard Clerfayt, prefeito do distrito de Schaerbeek de Bruxelas, foi citado pela emissora RTBF afirmando que há “dois terroristas” na área de Bruxelas prontos para actos violentos.

Mohamed Abdeslam, irmão de Brahim e Salah, incitou Salah em entrevista na televisão RTBP a se entregar, acrescentando acreditar que Salah ainda está vivo porque teve uma mudança de opinião de última hora enquanto estava em Paris.

O centro da crise na Bélgica, um órgão estatal que assessora o governo em temas de segurança, disse neste domingo que o estado de alerta para Bruxelas permanece no maior nível de quatro, o que significa uma ameaça “séria e iminente” de um ataque.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!