Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

BCI oferece cabaz de Natal a doentes da Pedriatria

Duzentas crianças e igual número de mães internadas na pediatria do Hospital Central de Nampula (HCN) beneficiaram este fim de semana de cabazes de Natal e Fim de Ano, num gesto do Banco Comercial de Investimento (BCI) enquadrado no âmbito de sua responsabilidade social.

As ofertas foram constituídas por géneros alimentares e produtos de higiene, nomeadamente farinha de milho, leite, sumo, arroz, refrigerantes, sabão, entre outros. Nazira Valy, directora daquela unidade sanitária, falando a propósito, diz estar satisfeita pelo gesto daquela instituição bancária porque o Hospital, por si só, não dispõe de recursos financeiros para assistir o grosso dos doentes internados naquela que é a maior do género na região norte do país, e que assiste doentes transferidos de Cabo Delgado, Niassa, Zambézia, para além da própria província de Nampula.

De acordo, ainda, com a fonte, a oferta irá permitir que as beneficiárias possam passar as festividades de forma condigna, à semelhança de outras famílias que se encontram nas suas residências. A fonte referiu, ainda, que o BCI é um dos grandes parceiros do Hospital e que tem vindo a financiar vários projectos, com destaque para a reabilitação realizada, este ano, da pediatria, cujas obras absorveram 1.5 milhões de dólares americanos, e , neste momento, está a apoiar a reabilitação de um parque de estacionamento de viaturas no HCN. Espero que este gesto venha a ser seguido por outros actores privados e singulares, sensibilizados para o bem estar dos doentes.

Sublinhou a fonte. Por seu turno, Jorge João, administrador do BCI, que testemunhou o acto, prometeu que a sua instituição vai continuar a canalizar apoios ao HCN, a fim de ajudar a minimizar o sofrimento das famílias necessitadas dos serviços daquela unidade sanitária. Referindo-se ao cabaz oferecido pelo BCI a todas pediatras dos Hospitais Centrais do país constitui uma forma de solidarizar-se com as crianças e mães internadas, camadas sociais que necessitam deste tipo de apoio.

Gesto de género aconteceu, igualmente na Universidade Pedagógica, cuja direcção ofereceu um lanche a mais de 150 crianças carentes e residentes na cidade de Nampula. Aliás, a acção enquadrada na responsabilidade social daquela instituição de ensino superior no âmbito do programa “Natal sem Fome”.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!