Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Bayern elimina Manchester United e vai à semifinal da Champions

Pela primeira vez em nove anos, o Bayern de Munique classificou-se para as semifinais da Liga dos Campeões, mesmo perdendo fora de casa por 3 a 2 para o Manchester United. A equipa alemã venceu o jogo da primeira mão por 2 a 1.

O Manchester marcou logo no início da partida com Darron Gibson, aos 3 minutos. Nani ampliou logo depois, aos 7, e fez outro aos 41, dando a impressão de que os ingleses passariam com facilidade, mas a equipa alemã iniciou a reação antes do término do primeiro tempo, com Ivica Olic, aos 43.

O holandês Arjen Robben fez o golo da classificação, aos 74. O trabalho do Bayern foi facilitado pela expulsão do brasileiro Rafael, que recebeu o segundo cartão amarelo aos 50 minutos.

O próximo adversário dos alemães na Champions será o Lyon, que perdeu hoje para o Bordeaux por 1 a 0, mas obteve a classificação com a vitória na ida por 3 a 1.

O time de Manchester, que escalou Wayne Rooney apesar do problema no tornozelo, fica fora das semifinais da Champions pela primeira vez em quatro anos. Já o Bayern chega às semifinais da Champions pela primeira vez desde 2001, quando foi campeão. Os ‘Red Devils’ abriram a vantagem de 2 a 0 com um tiro frontal de Gibson, aos 3 minutos, completando passe de primeira de Rooney; e quatro minutos depois com Nani, que bateu de calcanhar após excelente assistência do equatoriano Antonio Valencia.

Dominando o jogo, os ingleses poderiam ter liquidado a fatura com Gibson, aos 33, e Rafael, dois minutos depois, mas desperdiçaram as oportunidades. O terceiro gol inglês saiu aos 41, quando Nani recebeu outro passe na medida de Valencia, na área, e bateu com facilidade o goleiro Hans-Jörg Butt.

A torcida ainda comemorava no estádio Old Trafford quando o croata Olic descontou com um disparo quase da linha de fundo, sem ângulo, aos 43 minutos, surpreendendo o goleiro holandês Edwin Van der Sar. A história do jogo começou a mudar com a expulsão de Rafael, aos 50 minutos, o que facilitou a ofensiva do Bayern, que se lançava cada vez mais ao ataque e ameaçava com o francês Franck Ribéry, que acertou um perigoso voleio, aos 55, e com Mario Gómez, que completou de cabeça, aos 69.

O golo da classificação saiu aos 74, quando o holandês Arjen Robben arrematou de primeira uma cobrança de córner de Ribéry, para desespero da torcida local. O United lutou até o final, mas o desastre foi inevitável.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!