Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Basquetebol: A Politécnica quebra a invencibilidade do líder e Desportivo assume a liderança

Em confronto inserido na sétima jornada do Campeonato de Basquetebol da Cidade de Maputo, a formação da A Politécnica impôs a primeira derrota ao líder, Ferroviário de Maputo. Os politécnicos ganharam pela marca de 58 a 33. Na mesma ronda, o Desportivo venceu a Universidade Pedagógica “A”, por 71 a 48, e assumiu a liderança do certame.

Depois de uma semana de interregno devido à participação da selecção nacional no Torneio Quatro Nações que foi disputado na vizinha África do Sul, o basquetebol sénior masculino regressou às quadras na capital moçambicana com a disputa de duas jornadas, a sétima e a oitava.

Na primeira das duas jornadas, o Ferroviário de Maputo, líder e campeão em título, averbou a sua primeira derrota na presente edição do Campeonato da Cidade de Maputo. A formação de Horácio, que não contou com os préstimos dos seus jogadores mais influentes, foi derrota pela A Politécnica por uma diferença de 25 pontos, ou seja, 58 a 33.

Quem aproveitou o deslize do líder foi o Desportivo de Maputo, que venceu o conjunto da Universidade Pedagógica “A”, por 71 a 48, e alcançou os locomotivas na liderança. Por seu turno, o Costa do Sol bateu o Maxaquene pela marca de 66 a 62, enquanto a formação secundária da Universidade Pedagógica derrotou o Núcleo do Aeroporto, por 63 a 52.

Locomotivas regressam aos triunfos

Depois da derrota na noite da sexta-feira (27), o Ferroviário de Maputo era obrigado a vencer para se manter nos lugares cimeiros da tabela classificativa. No confronto da oitava jornada e primeira da segunda volta, a equipa do conceituado treinador Horácio Martins teve pela frente o Maxaquene. Neste embate os locomotivas estavam na sua máxima força.

Os dois primeiros períodos foram dominados pelos campeões em título, liderados pelo base-armador Ermelindo Novela. Na primeira metade do jogo, o Ferroviário de Maputo marcou 31 pontos contra 25 da formação tricolor.

No reatamento, os tricolores tentaram dar o ar da sua graça, mas encontraram pela frente uma armada locomotiva que tudo fez para sair do pavilhão do Maxaquene com os dois pontos e o consequente regresso às vitórias. Esta etapa terminou com o resultado de 45 a 44 a favor da equipa de Horácio Martins.

No quarto e derradeiro período, assistiu-se a um jogo épico, visto que a partida foi disputada numa toada de ataque e resposta. Nos primeiros cinco minutos desta fase, o Maxaquene conseguiu empatar o jogo a 52 pontos, graças à apatia dos locomotivas em baixo da tabela.

Quando tudo indicava que os tricolores passariam para a frente do marcador, o Ferroviário de Maputo, liderado por Ermelindo Novela, reergueu-se e fez uma ponta final de luxo. Os locomotivas marcaram 11 pontos contra cinco do Maxaquene, e no final dos 40 regulamentares venceram por 63 a 57.

Para a mesma ronda, o Desportivo de Maputo derrotou o Costa do Sol pelos esclarecedores 67 a 47. A Universidade Pedagógica “A” bateu a sua formação secundária pela marca de 65 a 3, enquanto A Politécnica venceu o Aeroporto por 32 pontos de diferença, ou seja, 62 a 30.

Volvidas oito jornadas, o Desportivo de Maputo lidera o Campeonato de Basquetebol sénior masculino da Cidade de Maputo com um total de 15 pontos, por sinal os mesmos do segundo classificado, Ferroviário de Maputo, mas os alvinegros estão em vantagem por serem a equipa mais concretizadora.

No terceiro lugar segue a formação da A Politécnica, com 12 pontos, enquanto o Maxaquene se encontra na quarta posição com 11 pontos.

Ferroviário firme na liderança em femininos

No que aos femininos diz respeito, o Ferroviário de Maputo continua com a sua saga vitoriosa. Os locomotivas somam vitórias nos seis jogos disputados até ao momento.

Na sexta jornada, as campeãs nacionais humilharam a fraca equipa do Desportivo de Maputo pelos esclarecedores 95 a 35, diga-se, numa partida em que os locomotivas dominaram os quatro períodos.

Ainda na mesma ronda, o Costa do Sol bateu o Maxaquene, por 53 a 31, e regressou aos triunfos depois da derrota na jornada anterior diante da equipa de Leonel Manhique. Por seu turno, a A Politécnica venceu a Universidade Pedagógica, por 94 a 47.

Concluída a sexta jornada, o Ferroviário de Maputo, com um total de 12 pontos, lidera a prova. A equipa da A Politécnica, com menos dois pontos que o líder, segue na segunda posição, por sinal os mesmos que o Costa do Sol na terceira posição.

Refira-se que a presente edição do Campeonato de Basquetebol da Cidade de Maputo, em ambos os sexos, será disputado em duas voltas no clássico sistema de “todos contra todos”.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!