Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Banda Massukos já tem novo disco

A banda Massukos, da província do Niassa, já tem o seu terceiro trabalho discográfico. A obra que se chama “Nyimbo Zakwatu” possui 13 faixas musicais interpretadas em línguas locais.

As músicas são cantadas, maioritariamente, nas línguas emácua, ci-yao e ci-nyanja e retratam o quotidiano, as práticas, os rituais e as tradições do povo da província do Niassa.

Os primeiros dois discos dos Massukos foram Kwimba kwa Massuko, em 2001, e “Banping” publicado em 2007.

De acordo com Simão Fontes, o vocalista da colectividade, a par dos dois trabalhos discográficos anteriores em “Nyimbo Zakwatu” abundam ritmos tipicamente tradicionais como, por exemplo, o “chioda, banping e chitauala”. O disco conta ainda com a participação das irmãs Domingas e Belita, nos coros, e Roberto Isaías.

Simão Fontes referiu que o mesmo disco não possui a participação de Mbedo, Chaito, Dionísio e Manuel que são membros fundadores do conjunto. A banda possui novos integrantes vindos de outras colectividades que se dedicam à música na cidade de Lichinga.

“As pessoas pensa quem estamos a andar de vagar, mas o importante é chegar e nós chegamos. Por isso, este disco foi gravado em Junho de 2012, mas só este ano será publicado. É preciso salientar que na fase da gravação tivemos apoio de diversas individualidades a destacar David Simango, Aires Ali e sua esposa, Assane Sufiane, a DINAME, incluindo os nossos fãs e amigos”.

De acordo coma  fonte “este disco não foge muito do nosso compromisso que é divulgar e elevar as potencialidades culturais da nossa terra. As músicas foram muito bem trabalhadas, combinando-se vários instrumentos e, por aquilo que temos estado acompanhar, as pessoas que já estão a aderi-lo”.

A produção do álbum teve o patrocínio da Cooperação Suíça.

Num outro desenvolvimento, o artista apelo ao público e os admiradores da banda a comprarem a obra original, evitando a contrafacção dos materiais discográficos.

Os Massukos venceram o prémio melhor canção no Ngoma, através da música Amae, um programa musical da Rádio Moçambique no ano passado, onde amealharam um cheque no valor de 65 mil meticais.

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!