Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Avaria da linha de transporte de energia baralha citadinos de Maputo

Grosso número dos bairros, sobretudo suburbanos, da cidade de Maputo debate-se com oscilações frequentes e cortes prolongados de energia eléctrica, há semanas, facto que está a causar prejuízos avultados em algumas zonas onde o corte chega a ultrapassar 24 horas. O problema, segundo a empresa pública Electricidade de Moçambique (EDM), é originado por uma avaria numa das linhas de alta tensão que alimenta as subestações dos bairros de Magoanine e do Ferroviário.

Não há datas para a normalização da situação e os clientes da EDM não dispõem desta informação, além de que são poucos os que sabem por que razão são privados de um serviço pelo qual pagam sem no entanto usufruirem. Aliás, não é a primeira vez que os mesmos consumidores são “brindados” com estes constrangimentos, o que torna difícil confiar na disponibilidade de energia 24 horas por dia nas suas casas.

Neves Xavier, director da Área de Serviço de Cliente da cidade de Maputo, admitiu num jornal da praça que vários a linha em causa é obsoleta e já não suporta alimentar muitas zonas em simultâneo. E está a ser usada uma linha alternativa de alta tensão para garantir energia às subestações de Zimpeto, Marracuene e Manhiça, esta última considerada, também, obsoleta.

Neves Xavier disse, ao Notícias, que está em curso a reabilitação da linha que já está velha mas os trabalhos são morosos porque “muitas zonas onde as torres devem passar, actualmente são quintas e a população não está a ceder.”

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!