Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Autárquicas 2013: Contagem paralela confirma alguns resultados

A contagem paralela que ocorreu em pelo menos metade dos 53 municípios, confirmou alguns dos resultados mais controversos. Por lei, uma cópia de edital é afixada do lado de fora da Assembleia de Voto logo que terminar a contagem dos votos.

Geralmente os editais são colados nas portas de salas de aulas. Isto serve para permitir aos interessados de ir consultar e copiar os resultados dos editais. Isto pode servir para verificar a precisão do processo da contagem a nível da cidade, provincial e nacional. As contagens paralelas são geralmente feitas pelos partidos políticos e observadores.

Quatro resultados controversos são confirmados pela contagem paralela.

Milange: É confirmada a vitória apertada da Frelimo

Gurúè: É confirmada a diferença de um voto entre os candidates.

Nacala: É confirmada a vitória folgada da Frelimo com mais de 85% de votos

Ilha de Moçambique: Apesar da fraude, é confirmada a vitória da Frelimo. Em nenhuma Assembleia de voto a Frelimo arrecadou abaixo de 63% dos votos. Mas há indicação de enchimento das urnas (quatro assembleias de voto com afluência acima de 88%). Houve acusação de votação múltipla – pessoas eram permitidas votar e sair sem molharem o dedo na tinta indelével e depois tornarem a votar noutro posto – e houve sete assembleias de voto com pelo menos 85% de votos para a Frelimo.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!