Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Ataques suicidas aos xiitas no Iraque deixam 60 mortos

Dois homens-bomba detonaram-se em ataques a muçulmanos xiitas no Iraque, este sábado (5), deixando 60 mortos na véspera do aniversário da morte de um ano de um dos seus imãs, de acordo com a polícia e os médicos.

Na cidade de Mosul, norte do país, um homem não identificado matou a tiros dois jornalistas de uma televisão iraquiana enquanto eles estavam a trabalhar, disseram fontes da área de segurança. Nenhum grupo assumiu imediatamente a responsabilidade por algum dos dois ataques, mas tradicionalmente estes ataques são a marca do grupo islamita sunita Al Qaeda, que vê os xiitas como “não-crentes” e tem ganhado força neste ano.

Em Bagdad, um homem-bomba detonou-se com explosivos, matando 48 peregrinos xiitas que seguiam para uma visita ao distrito de Kadhimiya, segundo fontes médicas e da polícia.  Este sábado, outro homem bomba explodiu-se dentro de um café numa área maioritariamente xiita, em Balad, a 80 km ao norte de Bagdad, matando 12 pessoas.

O café já havia sido alvo em ataque praticamente idêntico 40 dias atrás. Mais de 6 mil pessoas já foram mortas pela violência em todo o país ao longo deste ano, de acordo com o grupo de monitoramento Iraq Body Count, revertendo um declínio no derramamento de sangue que atingiu o pico entre 2006 e 2007.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!