Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Ataques liderados pelos EUA mataram 553 pessoas das quais 32 eram civis na Síria

Os ataques aéreos das forças lideradas pelos EUA mataram 553 pessoas, incluindo 32 civis, durante uma campanha de um mês na Síria contra os militantes do Estado Islâmico, segundo afirmou um grupo de monitoria do conflito na Síria, esta quinta-feira (23).

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos disse que a maioria dos mortos, 464, era de combatentes do Estado islâmico. Seis dos civis eram crianças e cinco, mulheres, afirmou o Observatório.

O grupo de monitoria observou ainda que 57 membros da Frente Nusra, ligada à rede Al Qaeda, também foram mortos nos ataques aéreos, que começaram há um mês. Os bombardeios atingiram as províncias de Aleppo, Deir al-Zor, Idlib, Raqqa e al-Hassakah, de acordo com o grupo.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!