Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Ataque à catana faz três feridos em campo de refugiados congoleses no Ruanda

Pelo menos três pessoas ficaram feridas, das quais duas gravemente, num ataque à catanada num campo que alberga quase 16 mil refugiados congoleses em Kiziba, uma localidade situada no oeste do Ruanda, nos arredores do Lago Kivu.

De acordo com uma fonte policial, citada pela agência PANA, o ataque foi perpetrado quarta-feira última por um dos refugiados congoleses contra os seus camaradas, declarou o porta-voz da Polícia ruandesa na região cidental do país, superintendente, Emmanuel Hitayezy.

Do seu lado, o Ministério rwandês da Gestão das Catástrofes e Assuntos de Refugiados, anunciou que se trata duma agressão por ocorrer no quadro dum ajuste de contas entre as famílias congolesas atualmente albergadas no campo de Kiziba (oeste).

A Polícia ruandesa deteve seis pessoas com as suas armas brancas, todas originárias duma mesma aldeia, e algumas informações publicadas por vários correspondentes da imprensa nesta localidade afirmam que a origem deste ataque estaria nomeadamente ligada a um ajuste de contas entre os refugiados congoleses oriundos da província de Kivu-Norte e os de Kivu-Sul.

O Ruanda alberga seis campos de refugiados congoleses cujo efectivo está avaliado em quase 74 mil indivíduos, indica-se. Entre estes campos, figuram nomeadamente Gihembe (Norte), Nyabiheke (Nordeste ), Kiziba (Oeste), Mugera (Leste), Kigeme (Sul) e Mugombwa (Sul), segundo o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR).

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!