Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Assalto em Chókwè resulta em duas mortes e um ferido

Dois mortos e um ferido é o resultado de um assalto à mão armada ocorrido ontem, segunda-feira, na cidade de Chókwè, província de Gaza. Tudo começou quando um trabalhador da empresa de venda de materiais de construção Construa, delegação de Chókwè foi interpelado por um indivíduo de nome Sufisso quando se dirigia ao banco, onde ia efectuar um depósito no valor de 282.700 meticais. Ao oferecer resistência, o trabalhador da Construa foi baleado na cabeça, tendo perdido a vida no local.

De seguida, o indivíduo apoderou-se da mala que continha o valor e colocou-se em fuga. Depois de ser informada pela população, a polícia encetou uma perseguição até ao Quinto Bairro, onde o assaltante se encontrava. Ao aperceber-se da presença da polícia, este disparou contra um agente da polícia na região da anca.

Frustrada a tentativa de o neutralizar e em resposta à troca de tiros, a polícia não encontrou outra opção se não baleá-lo. Este não resistiu aos ferimentos e perdeu a vida antes mesmo de ser levado ao hospital. Das investigações feitas descobriu-se que se tratava de um indivíduo supostamente de nacionalidade estrangeira pois trazia consigo um passaporte sul-africano e 130 randes, para além do valor fruto do assalto e da pistola.

Dados constantes do passaporte indicam que este nasceu em 1986 e terá entrado no país no dia 31 de Outubro deste ano. Em relação ao agente baleado, este foi levado para o Hospital Rural de Chókwè e encontra-se fora de perigo. Refira-se que este é o segundo assalto em menos de dois anos envolvendo trabalhadores da Construa.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!