Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Premier League: Arsenal afunda City, United abre vantagem

O Manchester United fez a sua parte e bateu o ameaçado Queens Park Rangers por 2 a 0 no Old Trafford, abrindo oito pontos de distância para o vice-líder Manchester City, que sofreu uma frustrante derrota no fim para o Arsenal, este Domingo, e viu o sonho do título do Campeonato Inglês ficar mais longe.

A sorte começou a sorrir para o Manchester United no Old Trafford logo aos 14 minutos do jogo: depois do lançamento para a área, Derry foi expulso por empurrar Young, deixando o Queens Park Rangers com um a menos por quase toda a partida.

Wayne Rooney partiu para a cobrança e, com categoria, mandou no canto direito do guarda-redes Kenny, abrindo o placar.

Mesmo com mais de 70% da posse de bola, a equipe de Alex Ferguson não conseguiu ampliar o placar e foi para o vestiário com 1 a 0 a seu favor.

No retorno para a segunda etapa, Welbeck até chegou a marcar para os anfitriões, mas o lance foi anulado por impedimento.

Rooney testou a atenção de Kenny de fora da área na sequência e o arqueiro do Queens Park Rangers fez boa defesa.

Aos 22, entretanto, ele não conseguiria evitar o segundo do United: depois de receber passe de Rafael, o veterano Scholes arriscou de fora da área e acertou o canto direito do guarda-redes que, desta vez, nada pôde fazer.

Os comandados de Ferguson passaram os minutos finais da partida a administrar o resultado, que os aproxima do 20º título inglês.

Com a vitória, os Diabos Vermelhos chegaram ao oitavo triunfo consecutivo e agora somam 79 pontos a seis rodadas do final da Premier League.

O QPR, por sua vez, estacionou nos 28, e corre séria ameaça de rebaixamento à segunda divisão inglesa.

City sofre golo aos 41 e fica mais longe da liderança

Depois de ver o rival United bater o Queens Park Rangers, o City entrou em campo a precisar de fazer a sua parte para impedir que os Diabos Vermelhos disparassem na liderança.

Diante do Arsenal, terceiro colocado, a equipe de Roberto Mancini segurou um empate sem golos no Emirates Stadium até o fim, mas foi castigado com um golo aos 41 da segunda parte em um chute de fora da área de Arteta e perdeu por 1 a 0.

A seis rodadas do fim da competição e ainda com um confronto com a equipe de Alex Ferguson pelo caminho, o City parou nos 71 pontos e vê a possibilidade de conquistar o título cada vez mais distante, depois dum início de temporada promissor em que liderou a tabela por várias rodadas.

O Arsenal, por sua vez, retomou a terceira colocação, de olho na última vaga directa para a próxima Champions League, com 61 pontos.

Depois duma primeira etapa dominada pelo Arsenal, o City até equilibrou a partida na segunda parte, mas não conseguiu manter o empate em 0 a 0 até o fim.

Os Gunners tiveram a melhor actuação recompensada já aos 41 minutos, qaundo Arteta arriscou de fora da área e acertou o canto de Hart, que voou, mas não conseguiu praticar a defesa.

Com a desvantagem no placar, o City mostrou o seu destempero aos 44 minutos, quando Balotelli deu carrinho em Sagna no campo de ataque e recebeu o cartão vermelho.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!