Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Apuramento CAN 2017: “Mambas” inofensivos derrotado pelo Gana, Sonito marca o primeiro golo de Moçambique na prova

A selecção de futebol de Moçambique manteve o seu registo 100% negativo no grupo H de apuramento para o Campeonato Africano das Nações (CAN) em futebol de 2017. Nesta quinta-feira os “Mambas”, agora treinados por Abel Xavier, foram derrotados em Acra pelo Gana por 3 a 1, Sonito marcou o tento de honra, o primeiro golo da selecção moçambicana nesta competição.

Com um novo seleccionador e a expectativa de que ainda era possível lutar pelo apuramento ao CAN de 2017 Moçambique entrou para o mal tratado relvado do estádio dos Desportos de Acra.

Decorria o minuto 4, os “Mambas” ainda estavam a estudar o adversário, que jogou sem duas das suas maiores estrelas, o capitão Asamoah Gyane Andre Ayew, quando viram um passe sair do meio campo para Majeed Waris que sem pressão serviu, por entre três moçambicanos, Frank Acheampong no flanco direito onde deixou Clésio nas “covas” entrou na grande área e chutou para o fundo das redes defendidas por Soares Soares (Soarito).

No minuto 11 as “Estrelas Negras” poderiam ter dilatado o marcador, Clésio voltou a ser batido num passe longo da defesa para Acheampong que arrancou para a baliza chutou mas Soarito defendeu bem e Zainadine Jr. limpou.

Só no minuto 23 Moçambique chegou pela primeira vez a área adversária, Simão do centro do terreno colocou a bola em Elias Pelembe (Dominguez) no centro da grande área mas o capitão não conseguiu receber bem o esférico.

Dominguez voltou a assustar quando marcou um livre à entrada da área ganense mas chutou por cima da baliza de Razak Brimah.

Na resposta Atsu fugiu pelo flanco direito foi a linha e cruzou para o centro onde um companheiro chutou mas valeu um defesa moçambicano a cortar com Soarito batido.

Até que a quatro minutos do intervalo enfim os “Mambas” conseguiram visar a baliza do Gana, Hélder Pelembe chutou para defesa atenta do guarda-redes ganense.

Os “Mambas” pareciam ter voltado do descanso com vontade de chegar ao empate mas no minuto 56, na sequência de um pontapé de canto da esquerda Soarito defendeu mal, servindo Christian Atsu que na meia lua fez-lhe um chapéu mas Jeremias Tembe (Jair) em cima da linha do golo cortou de cabeça novamente para a área onde John Boye, com o pé chutou para a baliza mas o defensor do Ferroviário de Maputo voltou a cortar a bola que sobrou novamente para o médio ganês que desta vez emendou, com a mão, para o fundo das redes moçambicanas. O árbitro marroquino Bouchaib El Ahrach não hesitou e assinalou o golo.

Dois minutos depois, ainda atordoados pelo golo ilegal, os moçambicanos viram Mubarak Wakaso fazer um passe longo para Jordan Ayew que bateu na corrida Zainadine Júnior e com Soarito fora dos postes, saiu para tentar antecipar-se ao passe, fez um chapéu magistral para o terceiro golo das “Estrelas Negras”.

Entretanto Abel Xavier lançou para o jogo Ápson Manjate (Sonito) para o lugar de Hélder Pelembe e depois trocou Jair por Witinesse Quembo (Witi).

No minuto 67 Dominguez recebeu a bola no flanco direito, aproveitando a passividade dos ganenses que jogavam a passo e procuravam queimar tempo, o capitão foi a linha e cruzou certeiro para Sonito que na pequena área nem teve que saltar muito e cabeceou para o tento de honra. O primeiro golo de Moçambique nesta campanha de qualificação para o CAN de 2017.

Antes do apito final ainda houve tempo para a estreia do médio Leonardo Waruma (Lóló), do Estrela Vermelha de Maputo, que entrou para o lugar de Jumisse.

As “Estrelas Negras” que já lideravam o grupo H isolaram-se mais agora com 9 pontos. Moçambique mantém a última posição, sem nenhum ponto, depois de ter sido derrotado pelo Ruanda, em Maputo, e depois pelas Ilhas Maurícias.

Matematicamente os “Mambas” ainda podem continuar a sonhar, afinal apuram-se para a fase final do CAN, que será disputado no Gabão em 2017, os vencedores de cada um dos grupos e ainda as duas selecções que ficarem em segundo lugar com o maior número de pontos. Mas para isso acontecer Moçambique precisa de vencer as próximas três partidas, a começar pelo jogo contra o Gana já no próximo domingo, no estádio nacional de Zimpeto, e esperar pelos resultados de todos outros confrontos de apuramento.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!