Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

António Muchanga restituído à liberdade

António Muchanga restituído à liberdade

António Muchanga, porta-voz do líder da Renamo, Afonso Dhlakama, foi restituído à liberdade, na tarde desta terça-feira (19), na sequência da Lei de Amnistia aprovada pela Assembleia da República (AR), no âmbito dos consensos alcançados em sede do diálogo político entre o Governo e a Renamo, e que entrou em vigor a partir de segunda-feira (18), data em que foi publicada no Boletim da República.

António Muchanga foi preso a 07 de Julho passado, à saída do Conselho do Estado na Presidência, acusado de incitação à violência, de proferir discursos incendiários e de recorrer à Imprensa para o efeito.

À saída da Cadeia de Máxima Segurança, vulgo BO, Muchanga estava acompanhado pela sua advogada Alice Mabota mas ambos não falaram à Imprensa por motivos publicamente desconhecidos.

O visado é o primeiro, da parte da Renamo, a beneficiar da Lei de Amnistia, aprovada a 11 de Agosto em curso.

Refira-se que no Tribunal Judicial da Cidade de Maputo, a sentença de Muchanga foi lida por um escrivão na ausência da sua advogada, Alice Mabota. Esta é, também, presidente da Liga Moçambicana dos Direitos Humanos (LDH).

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!