Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

AMOCINE na popularização do cinema moçambicano

A Associação dos Cineastas Moçambicanos (AMOCINE) lançou, esta sexta-feira (01), na capital moçambicana, uma Feira Nacional do Filme 2013, com vista a consciencializar os compatriotas sobre a necessidade de valorização da indústria cinematográfica e maximizar a venda de películas no mercado interno.

Estão expostos 70 filmes de cineastas nacionais que abordam temáticas sociais sobre o quotidiano das comunidades.

Nguenya Crocodilo, Fronteira de Amor e Ódio, A Ilha do Espírito Santo, Caminhos da Paz, A Outra Fala, A Grande Bazar, a Trilogia da Nova Família, são alguns exemplos dos que podem ser vistos nas instalações do Instituto Nacional de Audiovisual e Cinema em Maputo, na Avenida Agostinho Neto.

O promotor de vendas da AMOCINE, Roberto Manoco, disse que a feira foi criada com o intuito de dinamizar a popularização do cinema moçambicano.

Espera-se também que os jovens cineastas trabalhem cada vez mais na divulgação da história e cultura moçambicanas e façam desta actividade um auto-emprego.

A falta de espaço para as exibições, a insensibilidade dos agentes económicos em apoiar esta área, são apenas alguns entraves que enfrentou a feira ora lançada. Manoco referiu que na exposição havida em Setembro de 2012 foram vendidas 30 obras.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!