Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

AMOCINE na popularização do cinema moçambicano

A Associação dos Cineastas Moçambicanos (AMOCINE) lançou, esta sexta-feira (01), na capital moçambicana, uma Feira Nacional do Filme 2013, com vista a consciencializar os compatriotas sobre a necessidade de valorização da indústria cinematográfica e maximizar a venda de películas no mercado interno.

Estão expostos 70 filmes de cineastas nacionais que abordam temáticas sociais sobre o quotidiano das comunidades.

Nguenya Crocodilo, Fronteira de Amor e Ódio, A Ilha do Espírito Santo, Caminhos da Paz, A Outra Fala, A Grande Bazar, a Trilogia da Nova Família, são alguns exemplos dos que podem ser vistos nas instalações do Instituto Nacional de Audiovisual e Cinema em Maputo, na Avenida Agostinho Neto.

O promotor de vendas da AMOCINE, Roberto Manoco, disse que a feira foi criada com o intuito de dinamizar a popularização do cinema moçambicano.

Espera-se também que os jovens cineastas trabalhem cada vez mais na divulgação da história e cultura moçambicanas e façam desta actividade um auto-emprego.

A falta de espaço para as exibições, a insensibilidade dos agentes económicos em apoiar esta área, são apenas alguns entraves que enfrentou a feira ora lançada. Manoco referiu que na exposição havida em Setembro de 2012 foram vendidas 30 obras.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!