Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Alemães ricos querem pagar mais impostos para ajudar o país em crise

Um grupo de alemães ricos lançou uma campanha na internet para reclamar a volta de um imposto sobre o património com o objetivo de ajudar o país a ter mais recursos para sair da crise. O texto (www.appell-vermoegensabgabe.de) recebeu a assinatura de 44 pessoas ricas, que esperam deste modo pressionar o futuro governo conservador-liberal da chanceler Angela Merkel a impor mais impostos.

A iniciativa não tem grandes chances de virar realidade, já que o partido liberal FDP, novo aliado de Merkel após as legislativas de 27 de Setembro, insiste na promessa eleitoral de reduzir impostos. Até o momento, os nomes das maiores fortunas da Alemanha não aparecem na petição.

Mas para Dieter Lehmkuhl, 66 anos, médico aposentado e idealizador da iniciativa, são os ricos que devem ajudar o país. Lehmkuhl calculou que se os 2,2 milhões de alemães que possuem mais de 500.000 euros pagarem durante dois anos 5% de seu patrimônio, os cofres públicos receberão 100 bilhões de euros.

Lehmkuhl convidou o Estado a actuar em duas etapas: em 2009 e 2010 os ricos pagariam 5% do património para financiar determinados projectos, e a partir de 2011 seria introduzido um imposto duradouro de 1% sobre o patrimônio suprimido em 1997.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!