Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

AIESEC prepara-se para a “Geração 17-18”

Foto de Fim de SemanaA Associação Internacional de Estudantes em Ciências Económicas e Empresariais–AIESEC Moçambique realizou recentemente, em Maputo, a Conferência Nacional de Líderes desta agremiação, evento que reuniu mais de 25 jovens oriundos das províncias de Sofala, Gaza, Maputo e Nampula.

A conferência nacional teve por objectivo unir o corpo directivo nacional da AIESEC aos corpos directivos das províncias representadas no evento, tendo a ocasião servido para a definição de estratégias que vão conduzir a entidade no mandato 2017-2018, também conhecido por “Geração 17-18”.

Falando sobre o evento, que marcou o arranque do mandato do novo corpo directivo nacional, a presidente da AIESEC em Moçambique, Deasy Muzima, referiu que os participantes deixaram ideias benéficas para o contínuo crescimento da organização.

“Para nós, a realização desta conferência significou o início de uma nova geração que vai trazer resultados e impacto nas comunidades em que a AIESEC está inserida”, garantiu.

No tocante aos temas discutidos e à reprogramação de actividades, Deasy Muzima avançou que “os conteúdos foram alinhados à realidade da nossa entidade e do nosso País, na medida em que precisamos de acções que façam diferença no nosso meio de actuação”.

Por sua vez, a conferência culminou com a apresentação do plano de actividades para o mandato 2017-2018 pelo novo elenco directivo da AIESEC ao Ministério da Juventude e Desportos (MJD).

Para além da apresentação do plano de actividades da “Geração 17-18”, a AIESEC e o MJD analisaram os mecanismos de colaboração entre os dois organismos, tendo em vista garantir o desenvolvimento da juventude moçambicana.

Participaram no encontro o corpo directivo da AIESEC, encabeçado pela respectiva presidente, Deasy Muzima, e o Ministro da Juventude e Desportos, Alberto Nkutumula, que se fez acompanhar por quadros seniores do ministério.

No prosseguimento das suas actividades, a AIESEC Moçambique e a Psico-Estar assinaram, recentemente, em Maputo, um memorando de entendimento que visa a mútua colaboração no desenvolvimento e capacitação de jovens moçambicanos.

O memorando define os mecanismos de coordenação e de envolvimento das duas organizações na materialização de projectos, pequenas iniciativas e eventos que visam a divulgação e a execução de programas de capacitação, bem como o desenvolvimento que elas proporcionam.

Comentando sobre o acto, Deasy Muzima, destacou a assinatura deste memorando de entendimento que, a seu ver, representa o início de uma ligação duradoura entre as duas entidades.

“Significa a materialização de um propósito comum, o de tornar os jovens em actores principais nas mudanças que queremos para o nosso País”, frisou. Assinaram o referido memorando de entendimento Deasy Muzima, presidente da AIESEC em Moçambique, e Andrea Serra, psicóloga e co-fundadora da Psico-Estar.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!