Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Água chegara a mais 1.5 milhão de consumidores

As obras de expansão da rede de abastecimento de água nos municípios de Maputo e Matola e o distrito de Boane, província de Maputo, permitirão, a breve trecho, que 1.5 milhão de pessoas tenha acesso ao precioso líquido por um maior número de horas.

Para o efeito, decorrem obras de ampliação da capacidade de produção e transporte da água, redução das perdas físicas, reabilitação, reforço e extensão do sistema de abastecimento da água, bem como o respectivo fornecimento às zonas peri-urbanas dos dois municípios.

O investimento global esta avaliado em cerca 3.6 biliões de Meticais (o dólar equivale a 27 Meticais) e resulta de um financiamento conjunto entre o Banco Europeu de Investimentos, a União Europeia (EU), o Governo da Holanda através do Programa ORET, a Agência Francesa de Desenvolvimento e o Governo moçambicano, alcançado em Outubro de 2009. A meta do Executivo moçambicano é levar, até 2015, a agua a 70 por cento da população conforme preconiza o 7/o Objectivo de Desenvolvimento do Milénio (ODM) – reduzir pela metade a proporção da população sem acesso permanente e sustentável à água potável segura.

O Fundo de Investimento e Património do Abastecimento da Água (FIPAG) rubricou contrato de serviço para realizar várias actividades que incluem a reabilitação e extensão da estação de captação e de tratamento de água do Umbelúzi, no distrito de Boane, com 18 meses de duração, a partir de finais do mês em curso.

A reabilitação e extensão da estação vão custar cerca e 1.3 biliões de Meticais, obras a serem executadas pelo consórcio Motta Engil/EFACEC/SOGITEL, segundo o comunicado de imprensa do FIPAG recebido pela AIM. A par desta intervenção estão também previstas obras visando contemplar novas áreas, construção de pequenos sistemas, parcerias com os Pequenos Operadores Privados (POPs), entre outras acções.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!