Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Agressões físicas levam feridos aos hospitais em Maputo

Pelo menos 55 pessoas deram entrada nos serviços de urgência dos hospitais Central de Maputo e José Macamo, na capital do país, devido a agressões físicas, entre as 7 horas do dia 25 e 7 horas desta segunda-feira (26).

Segundo o jornal Diário de Moçambique, as estatísticas do Hospital Central de Maputo indicam que durante este período foram recebidos 338 doentes, dos quais 203 padeciam de doenças gerais, enquanto outros 103 sofriam de diversos traumas. Verificou-se ainda um aumento de 44 casos em relação ao ano passado. Destes, 32 sofreram agressões, número que representa o dobro em relação ao de igual período do ano passado, em que se registaram 18 casos.

Segundo explicou uma fonte dos serviços de urgência do Hospital Central de Maputo, em relação aos acidentes de viação, foram atendidas 35 vítimas, sendo que quatro ficaram internadas e a receber cuidados intensivos devido à gravidade do seu estado. Também foram registados 30 casos de pessoas que sofreram quedas de viaturas, árvores e outras situações, cinco queimaduras e um caso de intoxicação.

Já no hospital geral José Macamo foram atendidos 375 doentes, sendo que 17 foram transferidos para as urgências do HCM devido à gravidade dos seus casos. Daquele total, 23 casos estão relacionados com agressões físicas, um com esfaqueamento por arma branca e 17 com acidentes de viação. O departamento de estatística daquele estabelecimento refere que, dos 375 doentes atendidos no período em análise, apenas 19 ficaram internados e os outros receberam alta.

Os chefes dos bancos de socorros destas duas unidades sanitárias consideram que o Natal deste ano foi bem mais calmo em relação aos anteriores, atendendo aos reduzidos casos de agressões físicas e acidentes de viação registados.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!