Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Agentes da Polícia roubam 274 mil meticais em Marracuene

Dois agentes da Polícia da República de Moçambique (PRM) encontram-se detidos desde domingo (17) passado indiciados de roubado de 247 mil meticais nos Correios de Moçambique, no distrito de Marracuene, província de Maputo.

Pedro Cossa, porta-voz do Comando-Geral PRM, disse, no habitual briefing com a Imprensa, esta terça-feira (26), que o valor roubado estava destinado à execução das despesas internas daquela instituição.

Os acusados são Arlindo, guarda, e José Trindade, com a patente cabo. Tinham pouco tempo de serviço na corporação assim como nos Correios de Moçambique.

Segundo Pedro Cossa, suspeita-se que os indivíduos já vinham roubando naquele distrito antes de ingressarem nas fileiras da Polícia alegadamente porque as suas atitudes coadunam com a disciplina imposta nas forças de protecção nacional.

A descoberta do desvio de dinheiro e a neutralização dos presumíveis ladrões, a partir de uma investigação envolvendo a empresa lesada e a Polícia.

Arlindo e José Trindade estão detidos no Posto Policial de Marracuene, distrito com o mesmo nome, onde aguardam pelo desfecho dos trâmites legais do processo que poderá culminar com o seu julgamento e afastamento da Função Pública, de acordo com Cossa.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!