Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Agente da PRM condenado a 12 anos de prisão em Chimoio

Evaristo José Ernesto, agente da Polícia da República de Moçambique(PRM), foi condenado, quarta-feira finda, pelo Tribunal Judicial da Província de Manica a uma pena de prisão de 12 anos, por fornecimento de arma de fogo a bandidos.

Segundo o jornal Diário de Moçamboique, Evaristo José respondia num processo-crime número 49/11B, que corria naquela instância judiciária, por fornecimento de arma de fogo, numa colaboração com malfeitores naquela parcela do país.

Um outro agente da PRM, Manuel Tinga, foi igualmente condenado, pelo mesmo tribunal, a 13 anos de prisão, em Maio último. Este também é acusado de colaboração com uma quadrilha.

O jorna Diário de Moçambique apurou que Manuel Tinga disponibilizava arma a um grupo de assaltantes que para além da cidade de Chimoio, operava nos distritos de Báruè, Guro e Gondola. Os resultados dos assaltos, geralmente dinheiro, eram repartidos entre os praticantes e o agente Tinga.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!