Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Afrobasket 2016: Ferroviário de Maputo trucidado pelo Inter Clube de Luanda na estreia

Afrobasket 2016: Ferroviário de Maputo trucidado pelo Inter Clube de Luanda na estreia

Foto da FIBAO Ferroviário de Maputo mostrou que ainda tem muito trabalho pela frente para concretizar a aspiração de conquistar a 22ª edição da Taça dos clubes campeões africanos de basquetebol em seniores feminino, que arrancou nesta sexta-feira(25) na capital de Moçambique. Diante do Inter Clube de Luanda, vice-campeã e uma das mais sérias candidatas ao título, as “locomotivas” não tiveram “vapor” para evitar uma derrota por 43 a 57 pontos. Neste sábado(26) estreia a outra equipa moçambicana, A Politécnica, diante de outro candidato ao troféu, o First Bank da Nigéria.

Inaki Garcia escolheu – a equipa anfitriã tem esse privilégio – iniciar o torneio diante da equipa mais forte do seu grupo talvez já antevendo que as suas pupilas ainda estão longe de formar uma equipa coesa e precisa de jogos para ganhar ritmo competitivo, afinal ao grupo que conquistou o nacional juntaram-se reforços que sem competição ainda procuram integrar-se.

Por isso foi um Ferroviário ansioso e nervoso que entrou na quadra do pavilhão do Maxaquene e apenas esteve em vantagem quando a norte-americana Rachel Mitchell abriu o placar. As angolanas rapidamente empataram o jogo e com um triplo passaram para a frente do placar, que alargaram para 6 a 16 pontos.

O 2º período foi ainda pior para as moçambicanas, sem entronsamente as combinações não existiam e a tentativa de jogar rápido não resultava em pontos. Do outro lado o Inter Clube, mais equipa e mais experiente, geria e alargava a vantagem que chegou a 16 pontos antes do intervalo.

O descanso fez bem as “locomotivas” que entraram bem melhor para o 3º período, a jovem Ingvild Mucauro deu o tom para a recuperação e a experiente Anabela Cossa mostrou que os anos passam mas a sua pontaria de 3 pontos continua afinada, terminou a noite com 4 bombas e 16 pontos. Mas a angolanas não se deixaram intimidar e mantiveram a vantagem que chegou a 29 a 45 pontos.

No derradeiro período o Inter Clube começou a gerir também o seu esforço, o que permitiu o Ferroviário reduzir um pouco mais a desvantagem mas não teve “vapor” suficiente para ensaiar uma reviravolta acabando por não conseguir evitar a pesada derrota.

A competição abriu durante a tarde de sexta-feira com outra partida do grupo A onde a equipa do Kenya Ports Authority (KPA) do Quénia impôs-se às camaronesas do CMR por 57 a 42.

Neste sábado tem início a disputa no grupo B onde as campeão do 1º de Agosto de Luanda jogam com as campeãs da Argélia do GS Petroliers. Às 18 horas estreia-se a outra equipa moçambicana, da Universidade A Politécnica, que enfrenta outra candidata ao título as campeãs nigerianas do First Bank.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!