Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Afrobasket 2016: Ferroviário de Maputo trucidado pelo Inter Clube de Luanda na estreia

Afrobasket 2016: Ferroviário de Maputo trucidado pelo Inter Clube de Luanda na estreia

Foto da FIBAO Ferroviário de Maputo mostrou que ainda tem muito trabalho pela frente para concretizar a aspiração de conquistar a 22ª edição da Taça dos clubes campeões africanos de basquetebol em seniores feminino, que arrancou nesta sexta-feira(25) na capital de Moçambique. Diante do Inter Clube de Luanda, vice-campeã e uma das mais sérias candidatas ao título, as “locomotivas” não tiveram “vapor” para evitar uma derrota por 43 a 57 pontos. Neste sábado(26) estreia a outra equipa moçambicana, A Politécnica, diante de outro candidato ao troféu, o First Bank da Nigéria.

Inaki Garcia escolheu – a equipa anfitriã tem esse privilégio – iniciar o torneio diante da equipa mais forte do seu grupo talvez já antevendo que as suas pupilas ainda estão longe de formar uma equipa coesa e precisa de jogos para ganhar ritmo competitivo, afinal ao grupo que conquistou o nacional juntaram-se reforços que sem competição ainda procuram integrar-se.

Por isso foi um Ferroviário ansioso e nervoso que entrou na quadra do pavilhão do Maxaquene e apenas esteve em vantagem quando a norte-americana Rachel Mitchell abriu o placar. As angolanas rapidamente empataram o jogo e com um triplo passaram para a frente do placar, que alargaram para 6 a 16 pontos.

O 2º período foi ainda pior para as moçambicanas, sem entronsamente as combinações não existiam e a tentativa de jogar rápido não resultava em pontos. Do outro lado o Inter Clube, mais equipa e mais experiente, geria e alargava a vantagem que chegou a 16 pontos antes do intervalo.

O descanso fez bem as “locomotivas” que entraram bem melhor para o 3º período, a jovem Ingvild Mucauro deu o tom para a recuperação e a experiente Anabela Cossa mostrou que os anos passam mas a sua pontaria de 3 pontos continua afinada, terminou a noite com 4 bombas e 16 pontos. Mas a angolanas não se deixaram intimidar e mantiveram a vantagem que chegou a 29 a 45 pontos.

No derradeiro período o Inter Clube começou a gerir também o seu esforço, o que permitiu o Ferroviário reduzir um pouco mais a desvantagem mas não teve “vapor” suficiente para ensaiar uma reviravolta acabando por não conseguir evitar a pesada derrota.

A competição abriu durante a tarde de sexta-feira com outra partida do grupo A onde a equipa do Kenya Ports Authority (KPA) do Quénia impôs-se às camaronesas do CMR por 57 a 42.

Neste sábado tem início a disputa no grupo B onde as campeão do 1º de Agosto de Luanda jogam com as campeãs da Argélia do GS Petroliers. Às 18 horas estreia-se a outra equipa moçambicana, da Universidade A Politécnica, que enfrenta outra candidata ao título as campeãs nigerianas do First Bank.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!