Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Administradores desportivos africanos chamados a melhorar gestão financeira

Os responsáveis das federações desportivas nacionais africanas devem melhorar as suas competências em gestão financeira para lhes permitir negociarem o pratrocínio no mundo das empresas em vez de contar com os Governos, declarou quinta-feira em Nairobi o secretário permanente do Ministério queniano da Juventude e Desportos, James Waweru.

Falando durante uma cerimónia de entrega de diplomas a 24 responsáveis desportivos originários do Quénia, do Uganda, do Gana e da Nigéria, Waweru disse que a aquisição de novas competências, nomeadamente a gestão de eventos internacionais, ajudará a administração desportiva a empreender sozinha planos de desenvolvimento cessando assim de contar com o Estado.

Ele criticou algumas federações desportivas quenianas cuja função essencial é apresentar um orçamento ao Governo antes de eventos importantes, como Jogos Pan-africanos, Jogos Olímpicos e Jogos da Commonwealth.

Ele afirmou que o desporto é uma indústria de vários milhões de dólares americanos que, se for bem gerida e explorada corretamente, pode criar empregos para milhares de jovens quenianos. “Como outras esferas da vida, o desporto é um setor em pleno crescimento que deve ser ogerido por um pessoal qualificado”, declarou o governante queniano.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!