Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Açúcar bate novos recordes em Londres e Nova York

Os preços do açúcar chegaram a 492,50 libras por tonelada esta quinta-feira em Londres e 18,86 centavos de dólar por libra-peso em Nova York, batendo dois novos recordes em três anos. Os preços do açúcar para entrega em outubro aumentaram consideravelmente nas últimas semanas devido aos temores de uma alta do déficit mundial deste produto pela queda prevista da produção na Índia.

A safra indiana vem sofrendo os efeitos de uma monção mais leve que de costume. “O preço do açúcar refinado disparou a seu nível máximo em três anos, em um movimento desencadeado pelas especulações de que a Índia vai continuar importando açúcar este ano”, comentou Eugen Weinberg, analista do Dresdner Kleinwort.

A Índia, segundo produtor e primeiro consumidor mundial, tem uma produção estimada em 17 milhões de toneladas e um consumo calculado em 23,5 toneladas, o que lhe obrigará a importar para satisfazer sua demanda interna. Os altos preços também são sustentados pelos temores de que o fenômeno climatológico conhecido como “El Niño”, afete as colheitas no Brasil, primeiro produtor mundial, se as chuvas forem abundantes nestes meses tradicionalmente secos nos estados produtores do centro e do sul do país.

“Se a colheita do Brasil também decepcionar devido ao El Niño, teremos de esperar preços ainda mais elevados”, acrescentou o analista. A Organização Internacional do Açúcar (ISO) disse que o déficit no mercado de açúcar pode chegar a 7,8 milhões de toneladas no exercício 2008/09, que termina no fim de setembro, mas alguns analistas disseram esta semana que ele pode chegar a 9 milhões de toneladas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!