Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Acidentes de viação matam 64 pessoas em uma semana

Pelo menos 64 pessoas morreram na semana passada vítimas de 100 acidentes de viação registados em Moçambique, anunciou, terça-feira, em Maputo, a Polícia da República de Moçambique (PRM).

 

 

Falando durante o habitual briefing semanal com a imprensa, o porta-voz do Comando-Geral da PRM, Pedro Cossa, disse que estes sinistros também resultaram em 227 feridos, dos quais 100 em estado grave.

“Este é um problema sério”, disse Cossa, acrescentando que “as pessoas não assumem que as suas viaturas estão a matar. Estamos a falar de 64 mortos e cem feridos graves no local do acidente”.

Segundo Cossa, algumas das pessoas feridas podem já ter perdido a vida neste momento, devido a gravidade dos ferimentos contraídos.

De acordo com os dados da PRM, com estes 64 mortos, sobre para 119 o número de pessoas que perderam a vida (no local do sinistro) por causa de acidentes de viação nas últimas duas semanas.

Entre as principais causas dos acidentes de viação destaca-se condução em excesso de velocidade e estado de embriaguês, má travessia das estradas pelos peões e manobras irregulares.

Aliás, na segunda-feira, um cidadão identificado com o nome de José Paulo atropelou um cidadão na baixa da cidade de Maputo quando conduzia em excesso de velocidade.

O automobilista, que era portador de uma carta de condução de serviços públicos, embateu de seguida em duas viaturas. No âmbito de prevenção de acidentes de viação, as autoridades têm estado a realizar campanhas de fiscalização de viaturas em circulação na via pública.

Com efeito, semana passada, a Polícia fiscalizou um total de 16.737 viaturas, acção que culminou com a aplicação de 3.700 multas, por diversas infracções do Código de Estrada.

A Polícia apreendeu ainda 474 cartas de condução, cujos seus titulares foram surpreendidos a conduzir em excesso de velocidade e outras cem pertencentes a automobilistas que conduziam sob efeito de álcool. Acresce ainda, a detenção de 11 indivíduos ao longo do mesmo período por crime de condução ilegal.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!