Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

42 Emigrantes africanos morrem afogados no litoral do Iémen

Pelo menos 42 emigrantes africanos, a maioria deles somalis, morreram afogados após o naufrágio do navio em que viajavam perto do litoral do Iémen, informou o Ministério da Defesa nesta segunda-feira.

O navio, no qual viajavam mais de 70 pessoas, afundou neste dominto à noite em frente à Beir Ali, na província iemenita de Shabua, explicou o Departamento.

Até agora 30 pessoas foram resgatadas pelas forças marítimas iemenitas e transferidas para um abrigo dirigido pela agência dos refugiados das Nações Unidas, Acnur, em Mifaa.

É o primeiro naufrágio de uma embarcação com emigrantes africanos na costa iemenita desde o início do ano. Milhares de somalis fogem da seca e da guerra civil vivida pelo país após a derrubada do regime de Mohammed Siad Barre em 1991. Além disso, os narcotraficantes transportam também emigrantes etíopes e de outros países africanos pelo litoral iemenita como primeira parada em sua fuga em busca de trabalho nos países petroleiros do Golfo.

O Iémen é o único país da península arábica que assinou o tratado de Genebra dos Refugiados de 1951 e o protocolo de 1967. De acordo com os dois tratados, Sana oferece desde 1991 refúgio de forma automática a qualquer imigrante somali que chega em seu território.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!