Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

40% de 250 mil trabalhadores moçambicanos sem filiação sindical

Cerca de 40% dos pouco mais de 250 mil indivíduos com emprego formal em Moçambique prescindem de filiação sindical, tudo para evitar descontos do que já consideram de “magros salários”.

segundo o Correio da manhã, esta revelação foi feita por um responsável da principal central sindical de Moçambique (OTM).

Em Moçambique, os filiados em organizações sindicais descontam entre 0,5% e 1% dos seus ordenados mensais para garantir o funcionamento normal dessas agremiações, de acordo com Francisco Mazoio, porta-voz da OTM-CS, reconhecendo que, apesar dos assalariados reconhecerem a importância dos sindicatos para a defesa dos seus direitos laborais, muitos trabalhadores não aderem à iniciativa devido aos “baixos salários que auferem”.

Em entrevista ao Correio da manhã, Mazoio reconheceu, entretanto, que os descontos dos trabalhadores para os sindicatos “não são sufi cientes para assegurar o pleno funcionamento destas organizações”.

Jovens trabalhadores

Por outro lado, Mazoio revelou que o enquadramento de jovens trabalhadores no movimento sindical é “muito mais fraco” por temerem descontos para sindicatos, facto que se alia à precaridade do emprego em Moçambique que afecta a maioria da juventude.

Com vista a atrair mais jovens para o movimento sindicial, Mazoio disse que a OTM-CS acaba de criar o chamado Comité Nacional do Jovem Trabalhador, que se deverá dedicar a acções de formação, partilha de experiências com organizações juvenis estrangeiras e garantir a sua participação na tomada de “decisões importantes” da agremiação.

Frisa-se que a criação deste novo órgão dos jovens foi decidida durante o VI Congresso da OTMCS, realizado em Dezembro de 2012, no município da Matola.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!