Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Segunda ponte sobre Zambeze praticamente concluída

As obras de construção da nova ponte sobre o rio Zambeze, na cidade de Tete, já se encontram executadas muito acima dos 95 por cento, segundo o presidente do conselho de administração da empresa Estradas do Zambeze, António José da Graça.

A ponte que fará a ligação do município da cidade de Tete, através do bairro Samora Machel, ao distrito de Moatize, pela localidade de Benga, entrou em execução em Abril de 2011, e já se encontra desde o último trimestre do ano passado na fase conclusiva.

Em finais da primeira quinzena de Outubro do ano passado, foi realizada a última operação de junção do último tabuleiro que faz a ponte, tendo posteriormente arrancado as obras de acabamentos que consistem na electrificação e edificação do corrimão nos dois sentidos.

“Depois da última betonagem do último trame do tabuleiro da ponte, em Outubro último, começámos agora a fase conclusiva da ponte, concretamente a construção dos lancis, guardas de segurança, guarda corpos e a executar o crescimento betuminoso em cima do tabuleiro principal”, disse António José da Graça.

Entretanto, o director do consórcio construtor da nova ponte de Tete, José Frutuoso, referiu que tudo está sendo acompanhado para que a entrega da obra ocorra dentro do prazo definido em meados de Outubro de 2014.

Em relação à parte solo firme de acesso à ponte, José Frutuoso disse que de ambos os lados, os 24 tabuleiros já estão executados, tendo considerado de bastante positivo, atendendo ao curto espaço do arranque daquele projecto.

A nova ponte sobre o rio Zambeze, na cidade de Tete, encontra-se a cerca de cinco quilómetros à jusante da actual Samora Machel, com o comprimento de cerca de 715 metros e uma largura total, incluindo passeios, de cerca de 14.80 metros.

A infra-estrutura está sendo construída através do método de avanços sucessivos a partir dos pilares, com recurso a dois pares de carrilhos de avanço e o vão máximo terá cerca de 135 metros.

O empreendimento em construção, no âmbito da Concessão Nova Ponte de Tete e Estradas, foi concebido para suportar volumes e cargas de acordo com as actuais necessidades ao mesmo tempo que irá acomodar todo o tráfego pesado logo que entrar em operação.

A partir desse momento, a circulação na actual ponte Samora Machel será restrita ao tráfego ligeiro e motociclos. Recorda-se que o orçamento daquela obra é de cerca de 105.263.158,00 euros, incluindo a reabilitação de cerca de 260 quilómetros de estrada que faz a ligação entre a cidade de Tete e as zonas fronteiriças com o Zimbabwe, Malawi, através de Harare e Blantyre, respectivamente.

A empreitada está a cargo de um consórcio constituído por três empresas portuguesas, nomeadamente Mota-Engil Engenharia e Construções, Soares da Costa Construções e Opway, cabendo a Mota-Engil a liderança do consórcio.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!