Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

200 crianças anémicas sem papas enriquecidas

O Centro de Saúde 25 de Setembro, na cidade de Nampula, beneficiário do programa “Papas Enriquecidas” do Instituto Nacional da Acção Social, debate-se há três meses com falta de dinheiro para aquisição de leite, açúcar, óleo e LOA, para a confecção de papas enriquecidas com leite, óleo e açúcar, destinadas a 200 crianças desnutridas.

Trata-se de crianças com problemas de alimentação, na sua maioria órfãos de pais, abandonadas pelo pai, órfãos de mãe, gémeas, crianças de pais de fracas posses, identificadas durante consultas médicas,e que beneficiam das referidas papas no Centro de Saúde 25 de Setembro, às segundas e quintas-feiras.

Maria da Glória Jaime, mãe de uma das crianças que beneficiam do programa, disse à reportagem do Wamphula Fax que, dantes, para além das papas enriquecidas, as crianças benefiavam, semanalmente, do INAS, quantidades não especificadas de sopas e farinha como forma de garantir a alimentação das crianças nos dias em que não era confeccionado naquele Centro.

Aliás, durante a visita da representante do Estado do Município de Nampula, Felicidade da Costa, ao mencionado projecto, a nossa entrevista disse que muitas mães precisam deste apoio porque, por serem carentes, não conseguem só por si adquirir os produtos necessários para preparar as papas, tendo, por isso, solicitado às estruturas governativas competentes para que se reconsidere o projecto.

Questionado pela representante do Estado para esclarecer o assunto, João Luís Gonzaga, gestor de programas de desenvolvimento do Instituto Nacional da Acção Social de Nampula, informou que, neste momento, a sua instituição não tem fundos para sustentar o programa de papas enriquecidas, mas, como alternativa, a sua instituição tem vindo a implementar uma série de actividades através de projectos de geração de rendimento.

Gonzaga esclareceu, ainda, que está em fase de acabamento, neste rmomento, a construção das futuras instalações do programa das Papas Enriquecidas no Centro de Saúde de Muhala, na periferia da cidade de Nampula, para além de salas de aulas para a formação das mães em técnicas de preparação das papas melhoradas.

Acrescentou que, no âmbito do programa da cidade de Nampula, o INAS vai, ainda, montar maquinetas nas terminais da Faina, Matador, e Padaria Nampula, para produzir pipocas, pizas, ralo ou tapioca de mandioca, produtos considerados altamente energéticos e nutritivos, que, para além de servir às crianças, será comercializada nos vários distritos da província, como forma de angariar fundos e alimentar o programa de Papas Enriquecidas.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!