Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

1500 novos migrantes salvos ao largo da Líbia

Os guardas costeiros líbios socorreram terça-feira 350 migrantes clandestinos enquanto os seus homólogos da Itália anunciaram ter levado a cabo várias operações de salvamento segunda-feira que permitiram salvar mil e 150 outros migrantes ao largo das costas líbias.

Os migrantes foram salvos pela Marinha Líbia na zona de Al-Garbolli (60 quilómetros a leste da capital Tripoli), indicou o porta-voz oficial da Marinha, coronel Ayoub Gacem, precisando que patrulhas dos guardas costeiros interceptaram os migrantes à deriva dificuldades durante uma ronda de rotina terça-feira na zona.

Ele apelou às autoridades competentes líbias a assistir estes migrantes e tomar medidas jurídicas a seu respeito, albergando-os ou expulsando-os.

Por seu turno, os guardas costeiros italianos declararam, num comunicado, que mil e 151 pessoas foram socorridas no mar Mediterrâneo segunda-feira durante 11 operações distintas e coordenadas ao largo das costas da Líbia.

Durante uma das operações, 441 migrantes a bordo de navios pneumáticos foram socorridos por um navio dos guardas costeiros italianos.

Um outro navio que transportava 85 migrantes socorridos na véspera recuperou 105 migrantes a bordo duma outra embarcação da Marinha italiana, bem como 308 outras pessoas a bordo dum barco pertencente a Médicos Sem Fronteiras para os transferir para o mesmo navio italiano depois da sua recuperação a partir de três navios pneumáticos.

Lanchas rápidas da guarda costeira da ilha de Lampedusa participaram nestas operações, acrescentou o comunicado. Mais de 430 mil migrantes e refugiados atravessaram o Mediterrânica desde janeiro passado, dos quais dois mil e 750 morreram ou desapareceram, segundo a Organização Internacional das Migrações (OIM).

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!