Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

12 detidos islamitas em greve de fome na Mauritânia

Doze salafistas detidos numa prisão de Nouakchott por diferentes infracções ligadas ao terrorismo iniciaram uma greve de fome, Domingo (15).

Através do seu movimento de greve, estes prisioneiros exprimem a sua solidariedade para com um codetido identificado por Mohamed Ould Samane e protestam contra “a violação dos direitos” deste último.

A família do detido e os seus advogados revelam que o seu processo foi objecto de uma decisão para a sua libertação não susceptível de recurso e que a sua manutenção em detenção releva de uma medida “abusiva” do Ministério Público.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!